A Universidade Católica de Petrópolis oferece diversas oportunidades de estudos para os alunos, ente programas próprios de bolsas ou programas de incentivo do Governo Federal.

(*) Os incentivos relacionados abaixo não são cumulativos, exceto com os descontos concedidos pelas políticas de incentivos.

 

A Universidade Católica de Petrópolis oferece diversas oportunidades de estudos para os alunos, ente programas próprios de bolsas ou programas de incentivo do Governo Federal.

(*) Os incentivos relacionados abaixo não são cumulativos, exceto com os descontos concedidos pelas políticas de incentivos.

 

Bolsas de Estudo UCP

A UCP realiza a cada ano um processo seletivo para concessão de bolsas de estudo. Neste processo, os alunos têm avaliadas suas condições sócio-econômicas, podendo ser beneficiados com bolsas integrais aqueles que, comprovadamente, atenderem aos critérios estabelecidos no edital.

Entre os meses de dezembro e janeiro, a UCP publica em seu site o Edital, contendo as regras para inscrição no processo seletivo e informações sobre as bolsas. As bolsas tem validade de 6 meses, sendo renovadas automaticamente por mais 6 meses caso o aluno bolsista continue atendendo aos requisitos contidos no Edital. Para concorrer às bolsas, o aluno deve estar regulamente matriculado na institucional.

Desconto Familiar

São concedidos descontos aos dependentes do mesmo grupo familiar que estudam na universidade ou no Colégio de Aplicação. Para receber o benefício, é preciso requerê-lo por meio de formulário próprio, fornecido pela DIAAC. Este benefício somente será concedido no mês seguinte ao do deferimento do pedido e obedecido os critérios de dependência estabelecidos pela Legislação do Imposto de Renda.

  • para dois dependentes que estudam na UCP/CAUCP: desconto de 15% para o segundo dependente
  • para três ou mais dependentes estudando na UCP/CAUCP:  desconto de 15% para o segundo dependente e 20% para o terceiro dependente em diante.

Obs.: Os descontos concedidos estão condicionados ao pagamento em dia, isto é, na data do vencimento da mensalidade. O não pagamento dentro deste prazo, implicará no cancelamento do benefício daquele mês.

Participação em Grupos Musicais da UCP

A UCP possui um coral, um conjunto instrumental de câmara e a Orquestra Universitária, todos formados por alunos dos mais variados cursos. Os participantes dos conjuntos musicais recebem bolsas de estudo enquanto perdurar seu vínculo com o grupo e de acordo com os critérios de renovação estabelecidos. 

Periodicamente, são realizadas seleções para admissão de novos membros nos grupos musicais.

Participação em Grupos de Pesquisa

Procurando despertar no aluno o interesse pela pesquisa, a UCP, em parceria como CNPq e com a Fundação Dom Manuel Pedro da Cunha Cintra por meio de recursos do Fundo Celso da Rocha Miranda, publica um edital abrindo vagas para alunos que queiram participar do Programa de Iniciação Científica – PIBIC.

Para ser beneficiado, o estudante deve estar vinculado a projetos de pesquisa desenvolvidos por professores pesquisadores da instituição. Os alunos recebem uma bolsa de estudos mensal, desde que cumpram as atividades que lhes são conferidas por ocasião do processo de seleção, inclusive participando da Jornada Científica, onde apresentam os trabalhos que estão desenvolvendo.

Política de Incentivos UCP

A UCP, por meio da Portaria UCP nº 114/2017, contempla diversos cursos com descontos especiais desde que o pagamento seja efetuado até o último dia útil do mês anterior ao vencimento.

Convênios e Parcerias

A UCP possui um programa de convênios e parcerias com empresas , associações e órgãos públicos, benefíciando os funcionários destas instituições e seus dependentes (cônjuge e filhos) com descontos nas mensalidade.

ProUni

Programa Universidade para Todos do Governo Federal

A Universidade Católica de Petrópolis aderiu ao Programa Universidade para Todos (PROUNI) no primeiro 1º semestre de 2006. A instituição beneficia, em média, 130 alunos por ano com bolsa de 100%, em diferentes cursos. Os alunos deste programa são regidos pelas mesmas normas e regulamentos internos da instituição. 

Para participar do processo de seleção do PROUNI, o candidato tem que ter cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou em escola particular com bolsa de estudos integral e ter obtido boa média no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e não possuir diploma de curso superior. Para concorrer às bolsas integrais o candidato deve ter renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para as bolsas parciais de 50%, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Os interessados podem se candidatar à bolsa preenchendo a ficha de inscrição, em calendário divulgado pelo Ministério da Educação. 

As inscrições serão efetuadas exclusivamente por meio eletrônico.

FIES

PROGRAMA DE FINANCIAMENTO ESTUDANTIL

Os alunos dos cursos de graduação da UCP podem contar com a ajuda do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), caso desejem parcelar o valor das mensalidades vigentes. O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores presenciais não gratuitos e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC.

É vedada a inscrição no FIES a estudante:

  • que não tenha sido pré–selecionado no processo conduzido pelo MEC;
  • cuja matrícula acadêmica esteja em situação de trancamento geral de disciplinas no momento da inscrição;
  • que já tenha sido beneficiado com financiamento do FIES, exceto o estudante financiado pelo programa que mediante requerimento ao Agente Operador do Fundo comprovar o não usufruto do financiamento e o encerramento antecipado do contrato;
  • inadimplente com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);
  • que tenha concluído curso superior;
  • beneficiário de bolsa integral do ProUni;
  • beneficiário de bolsa parcial do ProUni em curso ou IES distintos da inscrição no FIES;
  • que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio Enem – a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas inferior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e/ou nota na redação igual a 0 (zero);
  • cuja renda familiar mensal bruta per capita seja superior a 2,5 (dois e meio) salários mínimos.

A inscrição no FIES será efetuada exclusivamente pela internet, por meio do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES), disponível nas páginas eletrônicas do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE.